Chia: A semente que elimina gordura

0
17
chia-anticelulite

Originária do México, a chia é riquíssima em ômega 3, uma aliada na proteção do coração e do cérebro. O ômega 3 tem ação benéfica em problemas cardiovasculares, estados depressivos, inflamação, doenças autoimunes, diabetes mellitus, triglicérides e osteoporose entre outros. Isentas de glúten, são uma excelente opção para celíacos.

COMPOSIÇÃO

São ricas em antioxidantes, cálcio, ferro, fósforo, selénio, potássio e magnésio. São ainda uma boa fonte de proteínas, apresentando todos os aminoácidos essenciais, e de fibras solúveis e insolúveis.

Análise nutricional (por 100g):
Energia: 2471 KJ / 595 Kcal
Proteínas: 16g
Hidratos de carbono: 44g
Lipídios: 31g

Ela possui:

8 vezes mais ômega 3 do que o salmão
12 vezes o próprio peso: é o que ela absorve de água
3 vezes mais ferro do que o espinafre
6 vezes mais cálcio do que o leite integral
15 vezes mais magnésio do que o brócolis
2 vezes mais potássio do que a banana

BENEFÍCIOS:

Saciedade: possui sementes mucilaginosas, ou seja, ricas em fibras que formam um gel incolor. Ao entrarem em contato com a água tornam a digestão mais lenta, causando saciedade.
Reduz colesterol: devido a ação das fibras sobre o colesterol.

Combate inflamação: a gordura excessiva causa um processo inflamatório no organismo, onde age liberando citocinas inflamatórias agravando ainda mais o problema. Com isso o organismo deixa de enviar mensagens de saciedade ao cérebro e, a partir daí, o individuo começa a apresentar uma fome descontrolada. O ômega 3 presente na chia, na linhaça e no óleo de peixe combate essa inflamação, auxiliando na perda de peso.

Auxilia na formação óssea: devido a presença de cálcio

Auxilia na imunidade: devido a presença de vitaminas e ômega 3

Desintoxica: a fibra auxilia na regulação do trânsito intestinal, eliminando as toxinas

Controla a glicemia: devido a fibra e a ação do ômega 3 sobre a resistência insulínica

Auxilia no controle da azia: Ajuda a absorver o excesso de ácido. Para isso é necessário consumir 1 colher de chá de sementes de chia dissolvidas durante alguns minutos em um pouco de água.

Auxilia no controle da pressão arterial: devido a sua composição de minerais.

COMO CONSUMIR

Para consumir as sementes basta misturá-las, inteiras ou moídas, em musli, iogurtes, saladas, batidos, sopa, pratos de massa ou água.
Moídas podem substituir uma quantidade da farinha em receitas de pão, biscoitos ou bolos.
Pode misturar uma colher de sopa de sementes a 250 ml de água (aumenta cerca de 9 vezes o seu volume), deixar repousar uns minutos e beber simples ou misturada com sumo de limão ou frutas batidas.
As sementes dissolvidas em água podem, em algumas receitas, funcionar como substituta do ovo.
Ao contrário das sementes de linhaça, as de chia não precisam ser cozidas ou moídas para se usufruir dos seus nutrientes, pois são facilmente digeridas.

Fonte: Dra. Cybelle M. Cruvinel, site A sua nutricionista

Conheça a linha de produtos para tratamento da celulite da Invel.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Escrever um comentário
Por favor, digite seu nome