Qual o melhor jeito de dirigir sem ter dores na coluna?

0
9

Ficar longos períodos na direção pode sobrecarregar as vértebras e a musculatura da coluna, provocando dores. Siga as dicas para dirigir sem ter dores na coluna.

Assento
Mantenha o ângulo entre 100 e 110 graus, de maneira que a coluna permaneça totalmente apoiada e relaxada. Isso evita lesões dos músculos do pescoço e das articulações da coluna.

Pés
Apoie sempre os calcanhares no assoalho do veículo, o que previne a sobrecarga da coluna lombar. 

Encosto da cabeça
Ajuste-o de acordo com a sua altura, posicionando o topo do encosto na linha dos olhos. a posição impede que a cabeça vá para a frente e para trás, protegendo o pescoço de lesões em caso de uma colisão traseira.

Pernas e joelhos
Alcance os pedais de tal forma que, mesmo pressionados, os joelhos continuem um pouco flexionados. Para não sobrecarregar a coluna lombar, mantenha-os no nível do quadril ou acima dele.

Conheça mais 4 dicas para dirigir sem ter dores na coluna

 

Manutenção preventiva
Com quase mil novos carros todos os dias nas ruas e, conseqüentemente, mais tempo no trânsito, motoristas e passageiros não podem abrir de mão de certos cuidados com a coluna. O banco dos veículos é o primeiro obstáculo a ser vencido.

“A padronização dos assentos usados pelos meios de transporte contribui para os maus hábitos posturais, pois raramente dão suporte adequado à coluna lombar. O encosto ideal deve fornecer um suporte lombar para que a lordose seja mantida, evitando assim futuras dores lombares ou prevenindo o agravamento das lesões já instaladas”, explica o Montenegro.

Mudança de postura
O fisioterapeuta dá dicas especiais para que a saúde de sua coluna não seja comprometida enquanto você dirige. São elas:

Inclinação – um suporte lombar pode promover o conforto do indivíduo quando sentado. Como poucos assentos fornecem o suporte adequado, o rolo lombar portátil ou toalha enrolada são essenciais para pessoas com problemas lombares em progressão.

O rolo irá facilitar a manutenção da lordose e da postura correta. Já o uso da toalha tem sido considerado eficaz, pois fornece o volume de acordo com a maneira que é pressionada.

Onde colocar: a toalha deve ficar na altura da terceira vértebra lombar, acima da bacia.
Qual o melhor jeito de dirigir sem ter dores na coluna? Dor Exercícios

Apoio lombar, rolo lombar ou toalha enrolada que estejam fora das medidas podem provocar dores. O tamanho desse suporte dependerá do biótipo de cada indivíduo.

Braços e pernas – regule a distância do banco para que carga adicional no uso dos pedais não seja transmitida para coluna lombar. Os braços devem estar relaxados e com os cotovelos semifletidos para não tensionar ombros e pescoço. Nada de dirigir “em cima do volante” nem muito afastado, evitando assim que os braços e pernas fiquem esticados. Pausas freqüentes são importantes para evitar sobrecarga nos discos intervertebrais.
As pernas devem ficar paralelas. Evite dirigir com os joelhos muito flexionados, pois se corre o risco de comprometer a circulação sanguínea.

Qual o melhor jeito de dirigir sem ter dores na coluna? Dor Exercícios   Qual o melhor jeito de dirigir sem ter dores na coluna? Dor Exercícios   Qual o melhor jeito de dirigir sem ter dores na coluna? Dor Exercícios

Chicote – o pescoço também merece cuidado especial. Para que não haja o chamado “chicote”, isto é, movimento brusco do pescoço ocasionado por freadas, a cabeça deve estar próxima ao encosto, mas não relaxada sobre ele, já que a posição pode provocar sono.
Qual o melhor jeito de dirigir sem ter dores na coluna? Dor Exercícios

Farol vermelho – hora de parar. Faça repousos intercalados com movimentos adequados, como alongamento. Esses cuidados simples melhoram a dor e evitam a falta de condicionamento físico.

Pioneiro em adaptar a técnica de estabilização vertebral para dentro da sala de musculação, Montenegro recomenda também atividade física que possa prevenir dores na coluna, as mais indicadas são musculação e pilates. “Lembre-se: nunca levante ou suspenda um peso sem contrair a musculatura abdominal e sem dobrar os joelhos. Atividade física em excesso também pode causar dor na coluna vertebral. No primeiro sintoma ou crise de dor, procure um profissional especializado em coluna”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Escrever um comentário
Por favor, digite seu nome