Tipos de Intoxicação alimentar, conheça e fique alerta!

1
161
Intoxicação

Tipos de intoxicação, conheça os seus perigos e como evitá-las.

São diversos os tipos de intoxicação alimentar, muitas pessoas não sabem identificá-las, evitá-las, ou reagir quando enfrenta um quadro de contaminação, pensando nisso, nós do Qualidade para Viver, fomos buscar informações que podem ajudar em sua alimentação e cuidados com a saúde, aproveite!


1 - Listeria: frutas e vegetais crus

A bactéria Listeria pode contaminar produtos frescos, como melões, e também alguns alimentos processados, como queijos. Os sintomas da intoxicação incluem febre, dores musculares, dor de estômago ou diarréia - que ocorre 2 dias a 2 meses após a exposição.

Segurança: esfregue os produtos crus e secos antes de cortar. Armazenar no refrigerador abaixo de 40 F.

2 - Escombrotoxina: Atum fresco
Envenenamento por escombrotoxina é uma reação alergica por comer algum peixe que já começou a estragar. Os peixes que podem provocar escombrotoxina são atum, cavala, amberjack e mahi-mahi. Nas fases iniciais de deterioração, bactérias produzem histamínicos nos peixes. Isto provoca uma sensação de queimação na boca, coceira, tontura, dor de cabeça e diarréia. Os sintomas geralmente desaparecem dentro de quatro a seis horas, e anti-histamínicos podem ajudar
3 - Salmonella: Aves e Ovos
A bactéria salmonella pode contaminar qualquer alimento, embora haja um risco maior em produtos de origem animal por causa do contato com fezes de animais. Em galinhas, ele pode infectar os ovos, por isso mesmo limpos, ovos frescos podem abrigar salmonella. Os sintomas da intoxicação incluem dores de estômago, febre e diarreia 12 a 72 horas após a exposição. A doença geralmente dura de 4 a 7 dias.

Segurança: Nunca coma ovos crus ou levemente cozidos. Mantenha carne de aves cruas separadas de aves cozidas e outros alimentos. Lavar as mãos, tábuas de corte, utensílios e bancadas após o manuseio.

4 - E. coli: Carne moída
O E. coli vive nos intestinos de bovinos e pode contaminar a carne durante o processo de abate, em especial a carne moída pois a bactéria pode se espalhar durante o processo. Os sintomas de infecção por E. coli incluem cólicas abdominais, diarreia aguada, e vómitos. A doença se desenvolve tipicamente vários dias após a exposição e pode ser severa em pessoas vulneráveis. Ela dura cerca de uma semana.

Segurança: Cozinhe bem a carne. Não coloque carne cozida em um recipiente que continha carne crua. Lavar utensílios, com água morna e sabão.

Tipos de Intoxicação alimentar, conheça e fique alerta! Alimentação

5 - Botulismo: alimentos enlatados
O botulismo é uma doença rara e potencialmente fatal ligada a alimentos impropriamente enlatados ,por exemplo, o mel, carnes curadas, defumadas, ou peixe salgado. Os bebês têm o maior risco de adoecer. Os sintomas incluem cólicas, vômitos, problemas respiratórios, dificuldade em engolir, visão dupla, fraqueza ou paralisia. Se você suspeitar de intoxicação por botulismo, ligue para emergência.

Segurança: Nunca dê mel a crianças com menos de 12 meses. Jogue fora latas com vazamento, conservas com mau-cheiro. Esterilizar alimentos em conservas caseiras cozinhando.

6 - C. Perfringens: Carne, Ensopado e molho de carne
Clostridium Perfringens é um tipo de bactéria que provoca cólicas e diarreia com duração inferior a 24 horas. Ensopados, molhos e outros alimentos que são preparados em grandes quantidades e mantidos quentes por um longo tempo antes de servir são uma fonte comum de C. perfringens.

Segurança: Molhos e guisados devem ser cozidos e em seguida, mantidos a uma temperatura acima de 60° C ou abaixo de 5° C. Servir a comida quente logo após o cozimento.

Tipos de Intoxicação alimentar, conheça e fique alerta! Alimentação   7 -  Estafilococos: sanduíches, saladas, pastelarias
Devida a nossa rotina, esse é um dos tipos de intoxicação mais comuns. Você pode obter uma infecção a partir de alimentos quando uma pessoa infectada prepara-lo. Os alimentos com maior risco incluem sanduíches, saladas (incluindo ovo, atum, frango, batata, e macarrão), bolos recheados com creme, e pudins. Os sintomas surgem rapidamente, em menos de 30 minutos e incluem vômitos, cólicas e diarreia. A doença geralmente segue o seu curso em um a três dias.

Segurança: Lave bem as mãos antes de manipular alimentos. Não manuseie alimentos se você estiver doente, tiver uma ferida aberta, ou infecção em suas mãos ou pulsos.

8 - Hepatite A: manuseio inadequado de comida
A hepatite A é um vírus que ataca o fígado e pode causar febre, fadiga, náuseas, perda de peso, e icterícia. A maioria das infecções são suaves. Ela pode se espalhar quando uma pessoa infectada não lava as mãos corretamente, ou toca alimentos ou itens que são colocados na boca. Os recentes surtos surgiram de trabalhadores em fábricas de processamento de alimentos ou restaurantes.

Segurança: Vacine-se contra a hepatite A. Sempre lave bem as mãos antes de manipular alimentos.

9 - Campylobacter: Aves mal cozidas.
Apenas uma gota de suco de frango cru pode causar campylobacter - uma doença pouco conhecida que é a segunda principal causa desses tipos de intoxicação alimentar nos EUA,  os sintomas podem incluir febre, cólicas, diarreia e vómitos. A maioria das pessoas se recupera em menos de uma semana, mas pode levar a síndrome de Guillain-Barre, uma doença rara e grave aque pode causar paralisia temporária.

Segurança: Depois de manusear carne crua lavar as mãos, superfícies, utensílios e bancadas em água morna e sabão.

10 - Intoxicação por Ciguatera: Peixe
Intoxicação por Ciguatera se desenvolve comendo peixes de recife como garoupa ou pargo que tenham consumido alguns tipos de algas marinhas. Os sintomas se desenvolvem dentro de 6 horas de exposição e podem incluir, queimação ou formigamento doloroso nos braços ou pernas, dor de cabeça , náuseas, vómitos , diarréia, alucinações, inversão de temperatura (objetos frios se sentir quentes, objetos quentes sentir frio).

Não há cura para o envenenamento por ciguatera, e embora geralmente desaparece depois de dias ou semanas, os sintomas neurológicos às vezes pode durar anos.

Lembre-se, sempre que encontrar sintomas dos tipos de intoxicação citados a cima, você deve procurar um médico!

Fonte: webmd.com

 

Comentários

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Escrever um comentário
Por favor, digite seu nome